Archive for agosto, 2011

Bolsa Fapemig de Pesquisador Visitante (PV)

sábado, agosto 6th, 2011

fapemig

Descrição

O objetivo da Bolsa Fapemig de Pesquisador Visitante é contribuir, por período limitado, para a permanência, em instituições de pesquisa ou de ensino e pesquisa, sediadas no Estado de Minas Gerais, de pesquisadores nacionais ou estrangeiros, detentores de título de doutor, com alta competência em sua área de atuação, para participarem da execução de pesquisas científicas e/ou tecnológicas realizadas na instituição proponente, na sua área de competência.

Nota: o Manual do Usuário da Fapemig encontra-se em fase de revisão. Consulte a Central de Informação, ci@fapemig.br, para dirimir alguma dúvida.

Data Limite

A solicitação poderá ser feita em duas entradas (ver Manual do Usuário da Fapemig):

    Último dia útil de março;
    Último dia útil de agosto.

A solicitação de prorrogação deverá ser apresentada com antecedência mínima de 60 dias do término da vigência original do processo, acompanhada do relatório.

 

Elegibilidade

Poderão se beneficiar desta modalidade de apoio, as instituições constantes das categorias I, II, III, IV, V e VI do item 1.4 - Clientela do Manual do Usuário da Fapemig.

Benefícios

Itens Financiáveis:

  1. Passagens: previsão de despesas com passagens aéreas ou terrestres quando se tratar de pesquisador residente em outra localidade.
    Nota: será concedida apenas uma passagem ida/volta por auxilio. As bolsas prorrogadas não podem ser beneficiadas com passagens.

  2. Mensalidades: valores mensais fixados pela Fapemig em Resoluções específicas. Este item cobre períodos de concessão do benefício igual ou superiores a 30 dias.

Duração da Bolsa

A duração máxima é de seis meses, e, a mínima, de 30 dias, com a possibilidade de prorrogação por mais um período de seis meses, condicionada à avaliação positiva dos resultados apresentados. Para renovação, é necessário fazer a solicitação com uma antecedência mínima de 60 dias antes do término da bolsa, acompanhada do relatório.

O pedido de cancelamento do bolsa deve ser solicitado oficialmente através de documento assinado pelo coordenador do projeto, contendo a data do cancelamento e acompanhado pelo relatório final do bolsista.

Requisitos

Requisitos do Coordenador:

  1. Manter vínculo empregatício com a instituição proponente;

  2. Ser líder de grupo de pesquisa cadastrado no CNPq;

  3. Apresentar plano de trabalho a ser cumprido pelo pesquisador visitante;

  4. Indicar necessidades, relevância, contribuição e expectativas de resultados para a instituição proponente decorrentes do trabalho do pesquisador visitante.

Requisitos do Pesquisador Visitante:

Nível I

  1. Ter o título de doutor, com pós-doutorado;

  2. Ter, no mínimo, 10 anos de experiência profissional, comprovada por meio de atividades curriculares na área correlacionada ao projeto;

  3. Não ter outra bolsa;

  4. Dedicar-se integral e exclusivamente às atividades do plano de trabalho;

  5. Ter produção, relevante, nacional e internacional, com índice de impacto na área, nos últimos cinco anos.

Nível II

  1. Ter o título de doutor;

  2. Ter, no mínimo, oito anos de experiência profissional, comprovada através de atividades curriculares na área correlacionada ao projeto;

  3. Não ter outra bolsa;

  4. Dedicar-se integral e exclusivamente às atividades do plano de trabalho;

  5. Ter produção relevante, nacional e internacional, nos últimos cinco anos.

Nível III

  1. Ter o título de doutor;

  2. Ter, no mínimo, sete anos de experiência profissional, comprovada através de atividades curriculares na área correlacionada ao projeto;

  3. Não ter outra bolsa;

  4. Dedicar-se integral e exclusivamente às atividades do plano de trabalho;

  5. Ter produção relevante na área, nos últimos cinco anos.

Restrições

É vedada a substituição de bolsista, pois o processo é montado única e exclusivamente para o candidato apresentado.

Forma de Solicitação

Documentos exigidos:

    Cadastro de Pesquisador - Sistema AgilFap; e
    Formulário Específico - Sistema AgilFap.

Informações sobre a documentação necessária para submissão podem ser encontradas aqui.

 

Contatos

ci@fapemig.br

Home Page

http://www.fapemig.br/modalidades_de_apoio/bolsas/pesquisador_visitante/index.php

Fonte

As informações descritas foram obtidas na home page acima e por contato direto com a Financiadora.

Edital MCT/CNPq/Finep nº 04/2011 - Apoio à Realização de Eventos Relacionados à Ciência, Tecnologia e Inovação

sexta-feira, agosto 5th, 2011
Descrição

O Edital MCT/CNPq/Finep nº 04/2011 tem por objetivo selecionar propostas para apoio financeiro a projetos que visem contribuir significativamente para o desenvolvimento científico e tecnológico do País, apoiando a realização, no Brasil, de congressos, simpósios, workshops, seminários, ciclos de conferências e outros eventos similares, de abrangência nacional ou internacional, relacionados necessariamente à ciência, tecnologia e inovação, que venham a ocorrer no período de 1º de julho de 2011 a 30 de junho de 2012.

Data Limite

Cronograma 1: Encerrado

Cronograma 2: Eventos a serem realizados entre 01/01/2012 a 30/06/2012: até 3 de outubro de 2011.

Nota: as propostas devem ser transmitidas ao CNPq, até as 18h, horário de Brasília, da data limite de submissão das propostas. No entanto, o sistema eletrônico (servidor de rede) receberá propostas com tolerância de mais 24h, encerrando-se, impreterivelmente, às 18h do dia posterior à data limite de submissão das propostas, horário de Brasília.

Elegibilidade

Poderão apresentar propostas:

  1. Pesquisadores, professores e especialistas com vínculo formal com :

      a) Instituições de ensino superior (IES), públicas ou privadas sem fins lucrativos;
      b) Centros e institutos de pesquisa e desenvolvimento, públicos ou privados sem fins lucrativos;
      c) Empresas públicas, que executem atividades de pesquisa em Ciência, Tecnologia ou Inovação.
  2. Pesquisadores aposentados, desde que mantenham atividades acadêmico-científicas vinculadas a IES, centros e institutos de pesquisa e desenvolvimento, públicos ou privados sem fins lucrativos;

  3. Dirigentes de associação científica ou tecnológica de âmbito nacional.

 

Valor Financiado

Os projetos terão o valor máximo de financiamento de R$150.000,00.

Itens Financiáveis

Os recursos serão destinados ao financiamento de itens de custeio, compreendendo:

  1. Passagens e diárias para conferencistas, exceto para bolsistas de Produtividade do CNPq (PQ e DT) que recebam Adicional de Bancada (Grant). Clique aqui para consultar os valores para diárias;

  2. Serviços de mídia impressa e eletrônica para confecção e publicação de Anais, impressão de material gráfico ou eletrônico (folders e cartazes) para divulgação do evento e criação e manutenção de página do evento na internet;

  3. Translado de participantes do evento;

  4. Locação de salas de conferência com respectiva infraestrutura, aluguel de equipamentos áudio visuais, tais como projetores, sonorização, computador multimídia, além de serviços de tradução simultânea, recepcionista e secretaria.

O CNPq poderá conceder recurso financeiro para permitir a participação de bolsista de Iniciação Científica em eventos internacionais realizados no Brasil, no montante de até 15% do valor solicitado para o evento, desde que a instituição promotora ofereça, para este fim, contrapartida de valor equivalente.

Nota: O valor total solicitado para os itens de custeio descritos nos itens 2 a 4 deverão ser incluídos no campo “Custeio” do Formulário de Propostas Online. Os valores de passagens e diárias descritos no item 1 deverão ser incluídos em campos do mesmo nome do referido formulário, seguindo as instruções lá contidas.

 

Prazo de Execução

As propostas deverão ter seu prazo máximo de execução estabelecido em 12 meses. Excepcionalmente, mediante apresentação de justificativa, o prazo de execução dos projetos poderá ser prorrogado.

Requisitos

Requisitos quanto à proposta:

  1. O evento deverá ser necessariamente relacionado à ciência, tecnologia ou inovação;

  2. O evento deverá ter abrangência nacional ou internacional e ser realizado no Brasil;

  3. A proposta deverá ser apresentada na forma de projeto de pesquisa, contendo as seguintes informações, de forma a permitir sua adequada análise por parte dos comitês julgadores:

      a) Conter a programação preliminar do evento;
      b) Conter o orçamento detalhado, com discriminação dos recursos solicitados de custeio;
      c) Informar a existência de financiamento de outras fontes, quando for o caso.

Os demais requisitos quanto ao proponente e equipe de apoio e quanto à instituição de execução podem ser vistos no item II.2 do Edital.

 

Forma de Solicitação

As propostas devem ser acompanhadas de arquivo contendo o projeto e devem ser encaminhadas ao CNPq exclusivamente via Internet, por intermédio do Formulário de Propostas Online, disponível na Plataforma Carlos Chagas. O proponente receberá, após o envio, um recibo eletrônico de protocolo da sua proposta, o qual servirá como comprovante da transmissão.

O arquivo contendo o projeto de pesquisa deve ser gerado fora do Formulário de Propostas Online e anexado a este, nos formatos “doc”, “pdf”, “rtf” ou “post script”, limitando-se a 1Mb. Caso seja necessário utilizar figuras, gráficos, etc., para esclarecer a argumentação da proposta, estas não devem comprometer a capacidade do arquivo, pois propostas que excedam o limite de 1Mb não serão recebidas pelo guichê eletrônico do CNPq.

Contatos

Esclarecimentos e informações adicionais acerca do conteúdo deste Edital podem ser obtidos encaminhando mensagem para o endereço editalarc2011@cnpq.br.

O atendimento a proponentes com dificuldades no preenchimento do Formulário de Propostas Online será feito pelo endereço suporte@cnpq.br ou pelos telefones (61) 3211 9004 ou 3211 9354, de segunda a sexta-feira, no horário de 8h30min as 18h30min.

Home Page

http://www.cnpq.br/editais/ct/2011/004.htm

Fonte

As informações descritas acima foram obtidas na home page da Financiadora.

Parceria CNPq/Labex-Embrapa para a Concessão de Bolsas nos EUA e Europa

sexta-feira, agosto 5th, 2011
Descrição

O CNPq e a Embrapa por meio de seus laboratórios no exterior (Labex) acertam parceria para o oferecimento de bolsas de treinamento no exterior nas modalidades Doutorado Sandwich (SWE) e Pós Doutorado no Exterior (PDE), de acordo com os critérios e normas vigentes deste Conselho, na chamada Cronograma 1, 2 e 3 do Calendário Regular de 2011.

Labex são laboratórios virtuais da Embrapa no exterior que conectam a pesquisa agrícola brasileira aos melhores centros de pesquisa do mundo. O Labex instrumentalisa diferentes mecanismos de cooperação internacional tais como o compartilhamento de instalações, equipamentos, reagentes e equipes de pesquisadores, o que facilita a realização de pesquisas de alta qualidade e relevância e a criação de novas parcerias internacionais para atuarem em áreas e temas estratégicos para a produção agrícola no Brasil e no mundo.

Além de potencializar as atividades do Labex, as ações deste programa darão mais foco as pesquisas e treinamentos de brasileiros no exterior em Ciências Agrárias e áreas afins, uma vez que o Labex atua com visão estratégica e em áreas temáticas de vanguarda e de grande relevância para o Brasil.

As propostas devem abordar de modo exclusivo as áreas e temas objetos da programação do Labex, como: Prospecção Tecnológica, Mudanças Climáticas, Recursos Genéticos, Saúde Animal, Agroenergia, Manejo Florestal, Microbiologia Aplicada, Biologia Avançada e Biotecnologia, Recursos Naturais e Sustentabilidade - Conservação e Gestão Ambiental e Tecnologias Agroalimentárias e Agroindustriais. Clique aqui para acessar as áreas e temas de atuação do Labex-Embrapa nos EUA e Europa.

Data Limite

A próxima data para inscrição é 29 de setembro de 2011.

Nota: As propostas devem ser transmitidas ao CNPq, exclusivamente via Internet, até as 18h da data limite. O sistema eletrônico (servidor de rede) receberá propostas com tolerância de 24 horas.

Elegibilidade

Doutorado Sandwich: o candidato deve estar formalmente matriculado, há mais de um ano, em curso de doutorado no Brasil com conceito 6 ou 7 da Capes; ou matriculado em curso 5 se não houver curso com conceito superior; ou matriculado em cursos com conceito 4 ou 5 desde que o orientador seja bolsista de produtividade em pesquisa do CNPq.

Pós Doutorado no Exterior: o candidato deve ser brasileiro ou estrangeiro com visto permanente no Brasil e deve possuir o título de doutor quando da implementação da bolsa, no caso de proposta aprovada e ter vínculo empregatício no Brasil.

Benefícios

Os benefícios serão calculados de acordo com a tabela do CNPq em vigor.

  1. Mensalidades;

  2. Auxílio-instalação (para os candidatos que ainda não se encontrem no exterior na data da concessão da bolsa);

  3. Passagem aérea de ida e volta em classe econômica, preferencialmente em tarifa promocional;

  4. Seguro-saúde, exceto para bolsistas que se dirijam a países que ofereçam assistência médica gratuita.

Nota: não há benefício a dependentes.

Duração da Bolsa

A duração da bolsa de Doutorado Sandwich é de três a 12 meses, enquanto que a bolsa de Pós Doutorado no Exterior tem duração de seis a 12 meses. Em ambos os casos é permitida prorrogação, desde que não ultrapasse o tempo total de 12 meses.

Requisitos

Veja os requisitos para cada modalidade de bolsa acessando a página de normas específicas para Doutorado Sandwich e Pós Doutorado no Exterior.

Forma de Solicitação

Os interessados em submeter propostas a este programa deverão empregar o formulário específico de submissão da chamada Calendário - Cronograma 1, 2 e 3 de Bolsas Especiais no Exterior, disponível na Plataforma Carlos Chagas, acessando o link Doutorado Sanduíche (SWE) - Parceria CNPq/Labex-Embrapa ou Pós Doutorado no Exterior (PDE) - Parceria CNPq/Labex-Embrapa e preenchendo com todas as informações solicitadas. Recomenda-se a submissão nos Comitês de Assessoramento (CA’s) das Ciências Agrárias.

Contatos

Para outros esclarecimentos utilize a Central de Atendimento do CNPq pelo telefone 0800 619 697 (funcionamento de segunda a sexta-feira, das 8h30min às 18h30min).

Home Page

http://www.cnpq.br/bolsas/labex_embrapa_2011.htm

Fonte

As informações descritas acima foram obtidas na home page da Financiadora.

Auxílio à Pesquisa: Centro de Estudos Latinoamericanos e da Cooperação Internacional (CeALCI) - Convocatória 2011

sexta-feira, agosto 5th, 2011

fc

Descrição

A Fundación Carolina foi criada por iniciativa do governo espanhol para promover relações culturais e a cooperação nas áreas educativa e científica entre a Espanha e o resto do mundo, especialmente entre os países da comunidade iberoamericana.

O Centro de Estudos Latinoamericanos e da Cooperação Internacional (CeALCI) da Fundación Carolina anuncia subvenções para projetos de pesquisa no domínio da cooperação para o desenvolvimento e estudos sobre a América Latina. Os objetivos desta Chamada, são:

  1. Promover a investigação de questões enquadradas na agenda de investigação prioritária do CeALCI, de acordo com o Programa de Pesquisa - Plano de Ação 2010;

  2. Promover a pesquisa e a divulgação de conhecimento sobre a comunidade latinoamericana e os países que a integram e as políticas de desenvolvimento;

  3. Contribuir para a formação de pesquisadores.

Data Limite

Serão feitas duas avaliações por ano, em maio e outubro. Os pedidos apresentados até as 24h do dia 30 abril (Horário da Espanha) serão avaliados em maio e aqueles apresentados até as 24h do dia 30 de setembro (Horário da Espanha) serão avaliados em outubro.

Elegibilidade

Especialistas e grupos de pesquisadores com experiência relevante e filiados a institutos de pesquisa.

Valor Financiado

O montante máximo de cada auxílio será de €18.000 e podem incluir o seguinte:

  1. Despesas com pessoal (até o limite de 50% da ajuda solicitada);

  2. Viagens e diárias;

  3. Materiais permanente e de consumo necessários para a investigação (até o limite de 20% da ajuda solicitada);

  4. Outros custos, que em todo caso devem ser especificados;

  5. Os custos indiretos associados à realização do projeto de investigação. Este item não pode incluir mais de 8% da ajuda solicitada.

Em nenhum caso serão cobertos custos relativos à publicação dos resultado da pesquisa ou tradução ou taxas de inscrição para participação em congressos e seminários. Todas as despesas, excluindo os custos indiretos, devem ser devidamente fundamentados, por meio de faturas e recibos originais ou cópias autenticadas pela instituição.

Prazo de Execução

O prazo máximo de execução dos projetos selecionados será de um ano a partir da data de formalização da colaboração.

Requisitos

Podem ser requerentes e beneficiários de auxílios abrangidos por esta Chamada pesquisadores ou grupos de investigação cujo principal investigador preencha os seguintes requisitos:

  1. Ser portador de diploma universitário;

  2. Estar vinculado a um centro de pesquisa;

  3. Ter experiência de pesquisa e excelência profissional na área em que solicita a ajuda.

Critérios de Seleção

Para a seleção dos projetos de investigação, a Fundación Carolina irá nomear uma Comissão de Avaliação, que decidirá sobre a concessão, de acordo com os seguintes critérios:

  1. Relevância e interesse do tema proposto e adequação às linhas prioritárias do Centro;

  2. Viabilidade e aplicabilidade dos resultados do projeto de pesquisa;

  3. Capacidade do pesquisador e da equipe para desenvolver o projeto;

  4. Adequação do orçamento ao plano de trabalho delineado;

  5. Será dada prioridade aos estudos que proponham análises comparando dois ou mais paises, consequentemente, à equipes compostas por membros de vários países;

  6. Serão avaliadas positivamente as equipes com representação equilibrada de homens e mulheres.

Restrições

Cada coordenador só poderá apresentar e ser responsável por uma proposta. Os pesquisadores somente poderão fazer parte da equipe de execução de uma proposta.

Forma de Solicitação

As propostas devem ser apresentadas pelo pesquisador principal, por meio do formulário eletrônico.

Contatos

cealci@fundacioncarolina.es

Home Page

Auxílio à Pesquisa: Centro de Estudos Latinoamericanos e da Cooperação Internacional (CeALCI)

Fonte

As informações descritas acima foram obtidas na home page da Financiadora.

Programa Finep/Oseo de Apoio a Projetos de Inovação em Parceria entre Empresas Francesas e Brasileiras 2010/2011

sexta-feira, agosto 5th, 2011

finep-oseo3

Descrição

O objetivo da Chamada Pública 2010/2011 é financiar projetos de Pesquisa, Desenvolvimento & Inovação (P,D&I) a serem desenvolvidos em parceria entre empresas francesas e brasileiras, no âmbito do Acordo de Cooperação Tecnológica, celebrado entre a Oseo e a Finep em 2009.

Dando continuidade à primeira edição do Programa, lançado no ano passado, a Finep e a Oseo convidam as empresas brasileiras e francesas que pretendam desenvolver propostas conjuntas desenvolvidas em parceria a apresentarem-nas às suas respectivas agências nacionais de fomento de forma simultânea.

Os projetos aprovados cujas proponentes sejam empresas brasileiras, serão objeto do apoio financeiro da Finep, e aqueles apresentados por empresas francesas, serão apoiados financeiramente pela Oseo, sempre de forma complementar.

Data Limite

Período de submissão das propostas: entre 21 de setembro de 2010 e 20 de setembro de 2011.

Elegibilidade

A Finep e a Oseo receberão propostas de projetos de P,D&I que envolvam tecnologias aplicáveis a qualquer área do conhecimento, desenvolvidos sob a coordenação de empresas do Brasil e da França.

No caso das empresas francesas, serão elegíveis aquelas que possuírem um quadro consolidado inferior a 2.000 empregados (caso o projeto esteja inserido no Programa Estratégico de Inovação Industrial, o total deverá ser inferior a 5.000 empregados). No caso das empresas brasileiras, serão elegíveis aquelas cuja receita auferida em 2009 tenha sido inferior a R$300 milhões.

Dentre os participantes do projeto, deverá haver, no mínimo, uma empresa de cada país vinculado ao Programa. Centros de pesquisas, universidades e empresas de outros países poderão integrar o projeto na qualidade de participantes, excluída a possibilidade de figurarem como proponentes do projeto.

Valor Financiado

Modalidades de financiamento:

  1. Na França: o apoio financeiro de parte da Oseo alcançará até 60% do orçamento previsto para os projetos selecionados, com oportunidades para prêmios adicionais no âmbito das orientações de financiamento da Oseo;

  2. No Brasil: as regras de financiamento estão estabelecidas pelo Programa Inova Brasil da Finep (recursos reembolsáveis). A aplicação dos recursos a serem desembolsados pela Finep se fará exclusivamente para despesas relacionadas à parte brasileira dos projetos.

Além da celebração do Termo de Parceria Técnica, a ser apresentado à Finep conforme descrito no item “Fase 2” do Processo de Seleção, a formalização das condições do apoio financeiro aprovado se dará por meio de dois instrumentos contratuais distintos, um firmado no Brasil e outro na França, de acordo com as condições pactuadas no âmbito dos respectivos países de cada empresa participante.

A liberação da primeira parcela do cronograma de desembolso do financiamento a ser concedido pela Finep estará condicionada à assinatura dos dois instrumentos contratuais distintos, acima mencionados.

Requisitos

Os projetos deverão ter por objetivo o desenvolvimento de novos produtos que contenham inovação tecnológica para atender uma necessidade expressa do mercado.

Forma de Solicitação

O Processo de Seleção se realizará em duas fases:

    Fase 1: a empresa brasileira que compõe esta parceria deverá apresentar à Finep o Formulário Eletrônico específico, devidamente preenchido com os dados do futuro projeto e com informações sobre as condições de formalização do Termo de Parceria Técnica. O enquadramento de cada proposta será comunicado aos interessados por mensagem de correio eletrônico da Finep;

    Fase 2: as empresas que tiverem suas propostas selecionadas na primeira fase deverão apresentar projetos de acordo com as cláusulas e condições anteriormente apresentadas, juntamente com cópia do Termo de Parceria Técnica celebrado nas condições apresentadas na Fase 1. Cada proposta de projeto será analisada de acordo com a legislação, regulamentos e procedimentos vigentes no respectivo país em que se localiza a sede da empresa proponente. 

Contatos

Os representantes do Programa Finep/Oseo, de ambas as agências de fomento estão aptos a elucidar dúvidas e fornecer maiores informações sobre os financiamentos a serem concedidos:

No Brasil: Finep - Coordenação de Cooperação Internacional
André Carvalho - Tel: (21) 2555 0392, e-mail: acarval@finep.gov.br;
Denise Reigada - Tel: (21) 2555 0209, e-mail: dreigada@finep.gov.br.

Home Page

Programa OSEO/Finep 2010/2011

Fonte

As informações descritas acima foram obtidas na home page da Financiadora.

Economics of Treatment and Prevention Services for Drug & Alcohol Abuse (R21)

sexta-feira, agosto 5th, 2011

NIH

Descrição

The National Institutes of Health (NIH), a part of the U.S. Department of Health and Human Services, is the primary Federal agency for conducting and supporting medical research. Composed of 27 Institutes and Centers (ICs) the NIH provides leadership and financial support to researchers in every state and throughout the world.

This Funding Opportunity Announcement (FOA) issued by the National Institute on Drug Abuse (NIDA) and the National Institute on Alcohol Abuse and Alcoholism (NIAAA) encourages Research Project Grant (R21) applications on the economics of prevention and treatment services for drug and alcohol abuse. Such research projects might emphasize any of the following subjects: (1) financing and purchasing of drug and alcohol treatment and prevention services, including studies of health insurance and payment mechanisms; (2) economic incentives used to improve the quality and economic efficiency of treatment and prevention services (3) alternative delivery systems and managed care; (4) cost-benefit, cost-effectiveness, or cost-utility analyses; (5) service costs, production, and economic efficiency; and (6) research to develop or improve methods to be used in the economic study of drug and alcohol services.

This FOA will use the NIH Exploratory/Developmental (R21) grant mechanism and runs in parallel with two FOAs of identical scientific scope, PA-08-174 and PA-08-172, that solicit applications under the R01 and R03 mechanisms, respectively.

Note: applications submitted under R21 mechanism should be exploratory and novel. These studies should break new ground or extend previous discoveries toward new directions or applications. For example, long-term projects, or projects designed to increase knowledge in a well-established area will not be considered for R21 awards. See details in NIH Exploratory/Developmental Research Grant Award (R21).

Data Limite

New Applications Submission Date(s): closed.
AIDS and AIDS-Related Applications: Sep 7, 2011.

Notes:

    1. Several of the steps of the registration process could take four weeks or more;
    2. On time submission requires that applications be successfully submitted no later than 5:00p.m. local time (of the applicant institution/organization).
     
Elegibilidade

Eligible Individuals: any individual with the skills, knowledge, and resources necessary to carry out the proposed research are invited to work with their institution/organization to develop an application for support. Individuals from underrepresented racial and ethnic groups as well as individuals with disabilities are always encouraged to apply for NIH support.

Applicants may submit more than one application, provided that each application is scientifically distinct.

Note: foreign Applications [Non-domestic (non-U.S.) Entity)] must indicate how the proposed project has specific relevance to the mission and objectives of the IC and has the potential for significantly advancing the health sciences in the United States.

Valor Financiado

Budget and Project Period: the total project period for an application submitted in response to this funding opportunity may not exceed two years. Direct costs are limited to US$275,000 over an R21 two-year period, with no more than US$200,000 in direct costs allowed in any single year.

Foreign applicants must complete and submit detailed budget requests using the R & R Budget component found in the application package. See NOT-OD-05-004.

Because the nature and scope of the proposed research will vary from application to application, it is anticipated that the size and duration of each award will also vary. Although the financial plans of the Institutes and Centers (ICs) provide support for this program, awards pursuant to this funding opportunity are contingent upon the availability of funds and the submission of a sufficient number of meritorious applications.

Requisitos

NIH policies concerning grants to foreign (non-U.S.) organizations can be found in the NIH Grants Policy Statement. Applications from foreign organizations must:

  1. Request budgets in U.S. dollars;

  2. Prepare detailed budgets for all applications (that is, complete the Research & Related Budget component of the SF424 (R&R) application forms. See also NOT-OD-06-096;

  3. Charge back of customs and import fees is not allowed;

  4. Format: Every effort should be made to comply with the format specifications, which are based upon a standard U.S. paper size of 8.5″ x 11″ within each PDF;

  5. Funds for up to 8% administrative costs (excluding equipment) may be requested. See NOT-OD-01-028;

  6. Organizations must comply with Federal/NIH policies on human subjects, animals, and biohazards;

  7. Organizations must comply with Federal/NIH biosafety and biosecurity regulations. See Section VI.2., “Administrative and National Policy Requirements”.

Forma de Solicitação

A one-time registration is required for institutions/organizations at both Grants.gov and eRA Commons. All registration formalities must be completed prior to submission. For details, please refer to the following documents: NIH eRA Commons System (COM) Users Guide, Prepare to Apply, Grants.gov Registration Instructions for Domestic and Foreign Organizations, and NIH eSubmission Tips for International Applicants.

Prepare all applications using the SF424 (R&R) application forms and in accordance with the SF424 (R&R) Application Guide for this FOA. The Application Instructions and the Application Package are available at Apply for Grant Electronically. A letter of intent is not required for the funding opportunity.

The SF424 (R&R) Application Guide is critical to submitting a complete and accurate application to NIH. There are fields within the SF424 (R&R) application components that, although not marked as mandatory, are required by NIH (e.g., the “Credential” log-in field of the “Research & Related Senior/Key Person Profile” component must contain the PD/PI’s assigned eRA Commons User ID). Agency-specific instructions for such fields are clearly identified in the Application Guide. For additional information, see “Frequently Asked Questions - Application Guide, Electronic Submission of Grant Applications.”

See Section IV.1 for details about application materials.

Contatos

The NIH encourages inquiries concerning this funding opportunity and welcomes the opportunity to answer questions from potential applicants. Inquiries may fall into three areas: scientific/research, peer review, and financial or grants management issues. See details on the link Agency Contacts.

Direct questions regarding Grants.gov registration to Grants.gov Customer Support or email support@grants.gov. Direct questions regarding the Commons registration to eRA Commons Help Desk or email commons@od.nih.gov.

Home Page

http://grants.nih.gov/grants/guide/pa-files/PA-08-173.html

Fonte

As informações descritas acima foram obtidas na home page da Financiadora.

Economics of Treatment and Prevention Services for Drug & Alcohol Abuse (R03)

sexta-feira, agosto 5th, 2011

NIH

Descrição

The National Institutes of Health (NIH), a part of the U.S. Department of Health and Human Services, is the primary Federal agency for conducting and supporting medical research. Composed of 27 Institutes and Centers (ICs) the NIH provides leadership and financial support to researchers in every state and throughout the world.

This Funding Opportunity Announcement (FOA) issued by the National Institute on Drug Abuse (NIDA) and the National Institute on Alcohol Abuse and Alcoholism (NIAAA) encourages Research Project Grant (R03) applications on the economics of prevention and treatment services for drug and alcohol abuse. Such research projects might emphasize any of the following subjects: (1) financing and purchasing of drug and alcohol treatment and prevention services, including studies of health insurance and payment mechanisms; (2) economic incentives used to improve the quality and economic efficiency of treatment and prevention services (3) alternative delivery systems and managed care; (4) cost-benefit, cost-effectiveness, or cost-utility analyses; (5) service costs, production, and economic efficiency; and (6) research to develop or improve methods to be used in the economic study of drug and alcohol services.

This FOA will utilize the NIH Small Research Grant (R03) award mechanism and runs in parallel with two FOAs of identical scientific scope, PA-08-174 and PA-08-173, that solicit applications under the R01 and R21 mechanisms, respectively.

Note: the R03 award supports small research projects that can be carried out in a short period of time with limited resources. See details on the link NIH Small Grant Program (R03).

Data Limite

New Applications Submission Date(s): closed.
AIDS and AIDS-Related Applications: Sep 7, 2011.

Notes:

    1. Several of the steps of the registration process could take four weeks or more;
    2. On time submission requires that applications be successfully submitted no later than 5:00p.m. local time (of the applicant institution/organization).
     
Elegibilidade

Eligible Individuals: any individuals with the skills, knowledge, and resources necessary to carry out the proposed research are invited to work with their institution/organization to develop an application for support. Individuals from underrepresented racial and ethnic groups as well as individuals with disabilities are always encouraged to apply for NIH support.

Applicants may submit more than one application, provided each application is scientifically distinct.

Note: foreign Applications [Non-domestic (non-U.S.) Entity)] must indicate how the proposed project has specific relevance to the mission and objectives of the IC and has the potential for significantly advancing the health sciences in the United States.

Valor Financiado

A project period of up to two years and a budget for direct costs of up to two US$25,000 modules, or US$50,000 per year, may be requested (i.e., a maximum of US$100,000 over two years in four modules of US$25,000 each). Commensurate Facilities and Administrative (F&A) costs are allowed. Competing renewal (formerly “competing continuation”) applications will not be accepted for the R03 grant mechanism. Small grant support may not be used for thesis or dissertation research.

Foreign applicants must complete and submit detailed budget requests using the R & R Budget component found in the application package. See NOT-OD-05-046.

Because the nature and scope of the proposed research will vary from application to application, it is anticipated that the size and duration of each award will also vary. Although the financial plans of the NIH Institutes and Centers (ICs) provide support for this program, awards pursuant to this funding opportunity are contingent upon the availability of funds and the receipt of a sufficient number of meritorious applications.

Requisitos

NIH policies concerning grants to foreign (non-U.S.) organizations can be found in the NIH Grants Policy Statement. Applications from foreign organizations must:

  1. Request budgets in U.S. dollars;

  2. Prepare detailed budgets for all applications (that is, complete the Research & Related Budget component of the SF424 (R&R) application forms. See also NOT-OD-06-096;

  3. Charge back of customs and import fees is not allowed;

  4. Format: Every effort should be made to comply with the format specifications, which are based upon a standard U.S. paper size of 8.5″ x 11″ within each PDF;

  5. Funds for up to 8% administrative costs (excluding equipment) may be requested. See NOT-OD-01-028;

  6. Organizations must comply with Federal/NIH policies on human subjects, animals, and biohazards;

  7. Organizations must comply with Federal/NIH biosafety and biosecurity regulations. See Section VI.2., “Administrative and National Policy Requirements”.

Forma de Solicitação

A one-time registration is required for institutions/organizations at both Grants.gov and eRA Commons. All registration formalities must be completed prior to submission. For details, please refer to the following documents: NIH eRA Commons System (COM) Users Guide, Prepare to Apply, Grants.gov Registration Instructions for Domestic and Foreign Organizations, and NIH eSubmission Tips for International Applicants.

Prepare all applications using the SF424 (R&R) application forms and in accordance with the SF424 (R&R) Application Guide for this FOA. The Application Instructions and the Application Package are available at Apply for Grant Electronically. A letter of intent is not required for the funding opportunity.

The SF424 (R&R) Application Guide is critical to submitting a complete and accurate application to NIH. There are fields within the SF424 (R&R) application components that, although not marked as mandatory, are required by NIH (e.g., the “Credential” log-in field of the “Research & Related Senior/Key Person Profile” component must contain the PD/PI’s assigned eRA Commons User ID). Agency-specific instructions for such fields are clearly identified in the Application Guide. For additional information, see “Frequently Asked Questions - Application Guide, Electronic Submission of Grant Applications.”

See Section IV.1 for details about application materials.

Contatos

The NIH encourages inquiries concerning this funding opportunity and welcomes the opportunity to answer questions from potential applicants. Inquiries may fall into three areas: scientific/research, peer review, and financial or grants management issues. See details in Agency Contacts.

Direct questions regarding Grants.gov registration to Grants.gov Customer Support or email support@grants.gov. Direct questions regarding the Commons registration to eRA Commons Help Desk or email commons@od.nih.gov.

Home Page

http://grants.nih.gov/grants/guide/pa-files/PA-08-172.html

Fonte

As informações descritas acima foram obtidas na home page da Financiadora.

“Inovar para Competir. Competir para Crescer”

quinta-feira, agosto 4th, 2011

Com o Slogan “Inovar para Competir. Competir para Crescer”, o Governo Federal lança Plano Brasil Maior.

Foi apresentado este Plano no final da manhã desta terça-feira, no Palácio do Planalto. Falaram os ministros Guido Mantega (Fazenda), Aloizio Mercadante (da Ciência, Tecnologia e Inovação) e Fernando Pimentel (Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior), o presidente da CNI, Robson Braga, e a presidente Dilma Roussef.

Foram anunciadas medidas que contemplam estímulos ao investimento e à inovação, desoneração tributária, comércio exterior e defesa da indústria e do mercado interno.

Veja todos os itens que constam do Plano Brasil Maior: http://goo.gl/1PJHI

Bolsas de Formação Permanente da Fundação Carolina (Convocatória 2011)

quarta-feira, agosto 3rd, 2011
Descrição

A Fundação Carolina foi criada por iniciativa do governo espanhol para promover relações culturais e a cooperação nas áreas educativa e científica entre a Espanha e o resto do mundo, especialmente entre os países da comunidade iberoamericana.

O Programa de Formação, voltado para especialização, pós-graduação, pesquisa e formação de professores oferece bolsas de estudo na Espanha em três modalidades: Bolsas de Pós-Graduação; Bolsas de Doutorado e de Curta Duração; e Bolsas de Formação Permanente.

As bolsas de Formação Permanente têm como objetivo promover a cooperação cultural e científica entre Espanha e a América Latina, favorecendo o intercâmbio de profissionais e é direcionada, exclusivamente, a profissionais latinoamericanos e espanhóis.

Data Limite

O prazo de solicitação das bolsas estará aberto entre 21 de dezembro de 2010 e 5 de setembro de 2011. O comitê de seleção das bolsas fará três avaliações, segundo o calendário abaixo:

    1. Oportunidades recebidas até 24 de janeiro de 2011 serão avaliadas no final de janeiro;
    2. Oportunidades recebidas até 23 de maio de 2011 serão avaliadas em meados de maio;
    3. Oportunidades recebidas até 5 de setembro de 2011 serão avaliadas em meados de setembro.
Elegibilidade

As bolsas de Formação Permanente se destinam a especialistas e profissionais latinoamericanos ou espanhóis que demonstrem a necessidade de viajar para a Espanha ou América Latina para completar sua formação, atualizar seu nível de conhecimentos, estabelecer ou consolidar laços com outras equipes de sua especialização ou reunir a informação necessária para os estudos ou pesquisas que estejam realizando nas áreas prioritárias definidas pela Fundação.

Benefícios

Nesta edição, são oferecidas 105 bolsas de formação permanente. A bolsa compreende:

    1. Uma passagem aérea de ida e volta em classe turista, partindo do país de residência do bolsista;
    2. Seguro médico, não farmacêutico;
    3. O valor de 1.200 euros mensais para ajuda de alojamento e alimentação.
Duração da Bolsa

A duração das bolsas pode variar de um a três meses, em um período compreendido entre 1º de março de 2011 e 28 de fevereiro de 2012.

Requisitos

O candidato deve:

    1. Dispor de Curriculum vitae compatível e ter experiência profissional;
    2. Receber um convite ou uma carta de aceitação do Centro ou do Instituto de Pesquisa ou formação, onde vai realizar suas atividades. Em nenhum caso a Fundação Carolina tramita estes convites.
Restrições

Estão excluídos apoios a participação em congressos, seminários ou cursos de verão como única justificativa de solicitação de bolsa.

Forma de Solicitação

O candidato deverá apresentar, devidamente preenchida, a solicitação online. Para que a bolsa possa ser efetivada é necessário que, no momento do pedido, o candidato conte com um convite por parte da universidade ou do centro de pesquisa onde serão realizadas as atividades.

Contatos

formacionpermanente_2011@fundacioncarolina.es

Home Page

Bolsas de Formação Permanente da Fundação Carolina

Fonte

As informações descritas acima foram obtidas na home page da Financiadora.

Edital Capes nº 26/2011 - Programa Novas Parcerias (NoPa)

quarta-feira, agosto 3rd, 2011
Descrição

O programa Novas Parcerias (NoPa) é mais uma iniciativa no conjunto das ações de cooperação acadêmica orientada pela demanda entre o Brasil e a Alemanha numa parceria da Capes com o Deutscher Akademischer Austausch Dienst (DAAD) e a Deutsche Gesellschaft für Internationale Zusammenarbeit (GIZ).

O NoPa financiará projetos de pesquisa multidisciplinar conjuntos entre instituições de ensino e pesquisa brasileiras e alemãs que envolvam grupos de docentes e pesquisadores de ambos os países. Os projetos de pesquisa conjuntos terão financiamento das agências envolvidas e devem ser submetidos por pesquisadores brasileiros para a Capes e por pesquisadores alemães para o DAAD. O concurso visa selecionar até oito projetos conjuntos de pesquisa com o início das atividades previsto para novembro de 2011.

O presente Edital fomentará a pesquisa multidisciplinar nas áreas de “Energias Renováveis e Eficiência Energética” e de “Proteção e uso sustentável da Amazônia Brasileira”, sendo seus objetivos principais:

1. Apoiar o intercâmbio científico entre grupos de pesquisa brasileiros e alemães orientado pela demanda dos setores públicos e privados nas áreas focais da Cooperação para o Desenvolvimento Sustentável: a) Proteção e gestão sustentável das florestas tropicais; b) Energias renováveis e eficiência energética.

2. Incentivar a inovação tecnológica no setor produtivo público e privado a partir de resultados de pesquisas desenvolvidas por instituições qualificadas dos dois países;

3. Formar recursos humanos de alto nível nas áreas focais da cooperação.

Data Limite

22 de agosto de 2011.

Elegibilidade

Pesquisadores brasileiros.

Benefícios
1. Duas viagens de curta duração (10 a 20 dias) para a Alemanha por ano para pesquisadores participantes do projeto;
2. Até oito bolsas por projeto nas modalidades: graduação-sanduíche (4 a 10 meses); doutorado-sanduíche (4 a 12 meses); pós-doutorado (2 a 12 meses);
3. R$10.000,00 por ano para custeio do projeto.

Nota: de acordo com a disponibilidade orçamentária da Capes, há a possibilidade de concessão de recursos adicionais, na rubrica de capital, a partir de 2012.

Itens Financiáveis

Missões de Trabalho: consiste na concessão de viagem de curta duração para coordenador ou membro relacionado na equipe do projeto.

    1. O número de missões de trabalho concedido a cada projeto será de no máximo duas por ano, incluindo a viagem do coordenador;
    2. A missão de trabalho deverá ter duração mínima de 10 e máxima de 20dias, sendo que uma missão de trabalho equivale à viagem de um membro da equipe;
    3. A Capes concederá recursos para o custeio de diárias, seguro saúde e passagem aérea internacional em classe econômica promocional e despesas com locomoção, no trecho Brasil/Alemanha/Brasil;
    4. O planejamento das missões de trabalho não poderá compreender a participação em anos consecutivos do mesmo membro da equipe, excetuando-se dessa restrição o coordenador do projeto;
    5. Os valores de referência para missões de trabalho são estabelecidos pelas Portarias Capes nº 51, de 14 de junho de 2007, e Capes nº 11, de 10 de março de 2011.

Missão de Estudos: consiste no deslocamento de estudantes ao exterior a fim de desenvolver atividades letivas e/ou de pesquisa na área de interesse do projeto.

    1. A mobilidade acontecerá nas modalidades de graduação-sanduíche, doutorado-sanduíche e pós-doutorado;
    2. O número de missão de estudos concedida a cada projeto será de até oito por ano;
    3. O período da missão de estudos variará de acordo com a modalidade: graduação-sanduíche (quatro a 10 meses); doutorado-sanduíche (quatro a 12 meses); pós-doutorado (dois a 12 meses);
    4. A Capes concederá recursos para o custeio de passagem aérea internacional em classe econômica promocional ou auxílio deslocamento correspondente ao trecho Brasil-Alemanha-Brasil; seguro saúde; auxílio instalação e mensalidade (o auxílio deslocamento destina-se ao custeio de todas as despesas referentes à aquisição de passagens áreas e/ou terrestres no trecho Brasil/Alemanha/Brasil, entre as cidades de estudos no Brasil e no Alemanha);
    5. É vedada a indicação de bolsista que tenha sido agraciado anteriormente com bolsa de estudos no exterior, em mesmo nível acadêmico, em programa ou projeto financiado pela Capes;
    6. O coordenador do projeto não poderá ser beneficiário de bolsa de pós-doutorado durante a vigência do projeto, ainda que deixe a coordenação;
    7. Os valores de referência para missões de estudos são estabelecidos pelas Portarias Capes nº 141, de 14 de outubro de 2009, e Capes nº 11, de 10 de março de 2011.

Está prevista a concessão de R$10.000,00 anuais por projeto, não cumulativos, para despesas de custeio, que incluem: material de consumo; diárias, passagens e despesas com locomoção no Brasil para participação em congressos, visitas técnicas ou trabalho de campo; outros serviços (pessoa física ou jurídica).

A critério da Capes, um ou mais coordenadores de projetos aprovados por este Edital poderão ser convidados para organizar e/ou participar de seminários, fóruns ou reuniões de trabalho, recebendo auxílio financeiro para tanto.

Prazo de Execução

Os projetos devem ter previsão de duração de dois anos, sem prorrogação. O financiamento do segundo ano de projeto está condicionado à aprovação de relatório parcial de atividades, de prestação de contas, de plano de atividades atualizado e da disponibilidade orçamentária das agências financiadoras.

Requisitos

Serão consideradas válidas somente as propostas que atendam aos seguintes requisitos:

    1. Comprovar a vinculação do projeto a Programa de Pós-Graduação reconhecido pela Capes;
    2. Contemplar a formação de doutorandos e o aperfeiçoamento de docentes e pesquisadores vinculados à equipe de trabalho;
    3. Ter caráter inovador considerando, inclusive, o desenvolvimento da área no contexto nacional e internacional, explicitando as vantagens advindas da parceria internacional;
    4. Prever a publicação conjunta de artigos científicos e ter como meta o desenvolvimento científico e tecnológico dos grupos de pesquisa envolvidos;
    5. Ser coordenada docente brasileiro, ou estrangeiro com visto de residência permanente no Brasil, detentor do título de doutor há pelo menos quatro anos, com reconhecida competência na área e disponibilidade para as atividades acadêmicas e administrativas atinentes ao projeto;
    6. Apresentar equipe de trabalho com, no mínimo, dois docentes doutores, além do coordenador.

Cada proposta deverá conter planejamento das atividades considerando a duração de dois anos do projeto. A implementação do segundo ano de projeto está condicionada à aprovação de relatório parcial de atividades, de prestação de contas, de plano de atividades atualizado e da disponibilidade orçamentária das agências financiadoras.

Forma de Solicitação

As propostas de projetos conjuntos de pesquisa deverão ser apresentadas à Capes e ao DAAD por meio dos formulários próprios de cada agência.

As inscrições serão gratuitas e admitidas exclusivamente pela internet, mediante o preenchimento de formulários de inscrição e o envio de documentos eletrônicos, dentro dos prazos estabelecidos no calendário deste Edital, na página do Programa NoPa.

A documentação complementar (itens 6.3.1 a 6.3.5.8 do Edital) deverá ser incluída, obrigatoriamente, no ato do preenchimento da inscrição na internet, em arquivo eletrônico. Em caso de projeto em rede ou associado, a documentação deve conter também as cartas, os currículos e as informações das IES co-participantes.

Observações

O apoio financeiro aos projetos aprovados será realizado de forma direta entre a Capes e o DAAD/GIZ, sendo cada parte responsável pelo apoio aos seus nacionais. A liberação de recursos não ultrapassará o correspondente às cotas anuais estabelecidas neste Edital, independentemente dos valores solicitados no plano de aplicação do projeto.

Contatos

Eventuais situações não contempladas neste Edital serão decididas conjuntamente pela Capes e pelo DAAD/GIZ, por intermédio de consulta dirigida, exclusivamente pelo e-mail nopa@capes.gov.br.

Dúvidas de ordem técnico-computacional e solicitações referentes ao formulário eletrônico serão atendidas unicamente pelo e-mail bexeletronico.cgci@capes.gov.br.

Home Page

http://www.capes.gov.br/editais/abertos/4737-nopa

Fonte

As informações descritas acima foram obtidas na home page da Financiadora.